terça-feira, 5 de junho de 2012

O primeiro "falso-positivo"

Bom, como estávamos treinando bem, de repente meu cérebro começou a me enviar mensagens. Comecei a produzir os mesmos sintomas de minhas pesquisas. Estava tão obcecada, que cheguei até a enjoar. E a enjoar meus amigos, só falava nisso. Era  na padaria, na farmácia, para os colegas de trabalho... E contava os dias certinhos de minha menstruação, até uma tabela eu fiz no excel. Calculava o período fértil, cheguei a comprar uma caixa de testes de dia fértil, que nunca funcionou. 
Quando notei o primeiro dia de atraso, comecei com a maratona de testes. Fiz muitos testes de farmácia, gastei um dinheirão, e nada.
Um belo dia, acho que no 3º dia de atraso, fiz mais um teste de farmácia. E apareceu uma segunda linhazinha beeem clarinha. Fiquei histérica! Mostrei pra todo mundo... E achava que estava grávida. E enchia os ouvidos do meu marido com falsas esperanças... Tudo errado.
Então resolvi fazer um beta hcg no 4º dia de atraso. Apesar de ter convênio, paguei à parte e fiz. Entrava toda hora no site pra ver se tava pronto e... Deu NEGATIVO.
No dia seguinte, a regra veio.
Fiquei tão decepcionada que resolvi esquecer o assunto. Segui os conselhos do meu médico. Parei de ficar treinando dia sim dia não, só treinamos quando dava vontade mesmo... E seguimos assim a nossa vidinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário