terça-feira, 5 de junho de 2012

Positivo !

Nós estávamos tão sossegados que nem mencionávamos mais o assunto. Meu marido fez uma pequena cirurgia da vesícula, então passei a me preocupar com ele. Ficou afastado, depois voltou ao trabalho, foi promovido... E eu fiquei em casa. Fizemos um acordo de que eu volto a trabalhar só concursada, empresa privada nunca mais.

Nesse tempo em que nossas mentes estavam voltadas para outras coisas, namoramos bem menos. Mas eu notei algumas coisas diferentes. De repente, minha pele do rosto ficou tããão oleosa, com um monte de acne até no pescoço. Pensei que era o stress que estava passando.  Também passei a comer bem mais. Também atribuí ao stress. Então eu só queria ficar deitada. Onde eu encostava, dormia. Dormia com cachorro, sem cachorro, lá fora, na sala, na cama. Pensei estar com depressão, porque estava acostumada a trabalhar todos os dias na maior correria desde que me entendo por gente e agora não tinha o que fazer e isso me deixava muito triste... Chorava todos os dias, ligava no trabalho do meu marido pedindo pra ele voltar pra casa. É claro que ele não voltava.

Nesse intervalo, conseguimos comprar nossa casa prórpia. E sem precisar vender carro nem dar nada de entrada. E o valor da documentação era exatamente o dinheiro que eu tinha recebido. Uma benção que esperávamos há 6 anos... Mas nem assim eu me alegrava, só chorava e comia. E dormia.

Um dia, depois de namorarmos, me dei conta... Quando eu tinha menstruado a última vez? Não me lembrava mais... Nem ele. Passaram-se mais 2 dias. E eu tentando me lembrar. Lembrei do meu aniversário, de uma outra viagem que fizemos,  mas nada de me lembrar a data da monstra. Então me lembrei que disse a data no exame demissional.

Liguei na clínica e elas me informaram: 20 de abril. Nossa, mas hoje já era 20 de Maio! Estava com 2 dias de atraso de novo... Porém, decidi que não faria exame nenhum, ia aguardar pelo menos 10 dias de atraso, e procurei não pensar no assunto.

Pensando que estava muito gorda, resolvi me matricular numa academia perto de casa. Fui, paguei 100,00. Ia fazer musculação e ia retomar minha boa e velha dieta. Mas, no fundo no fundo pensava se estava grávida ou não.

Com 10 dias de atraso, resolvi fazer o exame de farmácia. Pensei, pelo menos fico sabendo que não é e posso ir pra academia logo de uma vez. Fiz o primeiro xixi num copo descartável e guardei no banheiro. Fui com um motoqueiro comprar o exame. Isso porque eu queria O exame, o Clear Blue, que custa 40,00, mas vc pode fazer com até 4 dias antes de atrasar. Mais confiável. Cheguei em casa e fiz: POSITIVO! 

Sem acreditar muito, chamei um motoqueiro de novo e fui no laboratório colher sangue para fazer o beta hcg. Colhi o sangue, passei numa loja de roupinhas de bebê e comprei um macacãozinho do Corinthians, já que meu marido é fanático. Eu não ligo. Tanto faz. Passei numa papelaria e comprei um cartão e uma caixa com fitas. Embrulhei tudo e trouxe pra casa. Era assim que ia dar a notícia para ele. E, se não fosse a hora, poderia guardar o presente para quando fosse...

Às 14:00 do dia 28 de Maio de 2012 soube que era mãe: o resultado, que deveria ser o nº 26 para dar positivo, deu 38.332! Ou seja, 5 semanas de gravidez! Fazendo as contas, engravidei na noite do meu aniversário, dia 23 de Abril ! Afinal, o sangramento que pensei ser menstruação na verdade era a nidação, ou seja, o óvulo fecundado sendo implantado no meu útero.

Nos dias que se seguiram, os sintomas realmente começaram. Enjôos matinais, gosto metálico na boca, salivação excessiva, sono demais, vômitos... É... Eu realmente estou grávida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário