quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A 57 dias do parto... Intervenção Nutricional

* Considerando-se uma gravidez de 40 semanas completas.

Gente, já comecei esse post umas dezenas de vezes. Nunca termino. E isso pq eu queria publicar todo dia, hein?! Preciso parar de fazer promessas, senão a Hellen vai ficar decepcionada comigo cedo, cedo.

Então, esse negócio da intervenção nutricional foi sério mesmo. no dia 06 de novembro, nossa última consulta, eu pesei 85 kg. O médico me mandou urgenteeee para uma nutricionisa -- isso é sério, Elaine, vá mesmo! -- dissera ele. E explicara que, se eu não quisesse parir um bebê de 05 kg, se quisesse evitar complicações no parto devido ao tamanho dela, deveria levar isso muito a sério.

Achei que era exagero dele, porém, conversando com muitas amigas, elas me aconselhara a ouvi-lo sim. Eu tava toda inchada, com pneus nas costas, o chinelo nem me servia mais, tive que trocar com meu marido - a gente calça o mesmo número. A decisão por procurar uma profissional se deu duas semanas após a consulta: engordei mais 02 kg. Assustada, corri para a nutricionista na semana seguinte.

Gente, devia ter feito isso desde o começo. Ela me passou um cardápio com tudo o que eu adoro:  legumes, verduras e frutas, (eu como até jiló), iogurte, granola, aveia, leite desnatado, arroz e pão integrais... Um cardápio montadinho para refeições a cada 2h30, ZEROOO AÇÚCAR, sal de menos, frituras, doces e afins neeeem pensar!!!!.

Em três dias, já vi o resultado: foram embora: enjôos matinais, insônia, falta de ar (eu tinha muuuuita), cansaço, fadiga, inchaço principalmente, princípio de hemorróida (comum na gravidez) também sumiu, visão embaçada... Tudooo!!! melhorei do vinho pra água!!! Fiquei tão animada que até banho nos cães eu dei. Detalhe importante: Hellen começou a se manifestar muito mais, parece que também gostou e ficou muito animada. Ainda não pesei, mas sinto-me até mais magra.

E aí vc me diz: nossa, mas vai-se comer o q então?
Gente, é tanta coisa, quase não dou conta do prato do almoço, dá até um "suador" danado. O prato de almoço e o de jantar deve conter: salada crua, legume refogado, arroz, feijão e um grelhado. Mesmo colocando pouquinho de cada, meu, na metade do prato vc já tá pedindo arrêgo. São várias refeições por dia (pequenas porções) e não se sente fome.

Portanto, se vc anda lendo que cansaço, sono, fadiga, má digestão, azia, queimação, enjôos, palpitações, falta de ar... Se estão te falando que td isso é normal, ESQUEÇA. Procure urgente uma profissional da nutrição e cuide-se! Seu bebê e seu corpo vão agradecer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário